Roteiro Castelo de Paiva, o que visitar, o que ver e fazer

Visitar Castelo de Paiva é para si que anda à procura dum destino “fora da caixinha” no Norte de Portugal. Pegue no carro para abarcar a beleza deste território ondulante entre serras e rios. Deambule pelo Centro Histórico de Castelo de Paiva e conheça um importante marco da Rota do Românico no histórico Marmoiral do Sobrado.



Descubra a memória e tradições de Terras de Paiva percorrendo as vielas empedradas das aldeias de xisto de Midões e Gondaróm. Pasme-se com os cenários de tirar o fôlego de montanhas mágicas. Passeie pela margem do Douro percorrendo o percurso Viver o Douro e navegue até à apaixonante Ilha dos Amores, localizada no idílico local em que o Rio Paiva beija o Rio Douro.



Neste artigo encontra o que não pode deixar de ver e fazer quando visitar Castelo de Paiva, trilhos e percursos pedestres, praias fluviais e miradouros, os melhores hotéis onde ficar, restaurantes onde comer e um mapa interativo para aproveitar ao máximo a sua escapadinha a Castelo de Paiva.

Onde Fica Castelo de Paiva ?




A vila de Castelo de Paiva é uma sede de município no distrito de Aveiro, região do Norte de Portugal. As características específicas da orografia e geografia de Castelo de Paiva estão bem expressas na sua paisagem, muito marcada pelos três maiores cursos de água que cruzam “Tterras de Paiva”: o rio Douro, o rio Paiva e o rio Arda. A meros 55 km do Porto mas a 330 km de Lisboa, as capitais de distrito mais próximas são Vila Real (80 km), Braga (85 km), Aveiro (94 km) e Viseu (97 km).

Faz fronteira com os concelhos de Penafiel, Marco de Canaveses, Cinfães, Arouca e Gondomar.


Ao longo de todo o ano há pretextos para visitar Castelo de Paiva. E sem esforço. Tem património histórico para justificar uma escapadinha cultural a Castelo de Paiva, oásis de sossego nas suas aldeias para desligar do mundo numa escapadinha de lazer, ricas iguarias culinárias e ótimos vinhos verdes para um roteiro gastronómico, e património natural mais que suficiente para várias escapadinhas de turismo ativo. E se não resiste a uma boa praia fluvial no verão, Castelo de Paiva tem várias para uma semana de férias inteirinha.


Visitar Castelo de Paiva será ainda mais memorável se a sua escapadinha coincidir com um dos maiores eventos e festividades anuais, principalmente nos Santos Populares. Como São João é o padroeiro da vila, e o seu dia, 24 de junho, o feriado municipal, as festas de São João de Castelo de Paiva são de arromba, marchas populares e sardinhada incluídas como não podia deixar de ser. Outra coisa que podemos garantir é que esta gente sabe bem o que anima a malta. Há de reparar que a agenda de eventos anda muito à “roda da mesa”, com o melhor que a gastronomia da região tem para oferecer.

  • Enterro do Entrudo de Pedorido: fevereiro ou março (carnaval à moda tradicional, com direito a “morto”, caixão, carpideiras e uivos; uma experiência genuinamente arcaica e mágica)

  • Festival Gastronómico da Lampreia e do Sável: março (2º fim de semana)

  • São João de Castelo de Paiva (Santos Populares): 23 e 24 de junho

  • Feira do Vinho Verde, do Lavrador, da Gastronomia e Artesanato: julho (1º fim de semana)

  • Festival Gerações: agosto

  • Festival Gastronómico Arda D’Ouro: setembro (1º fim de semana, quando o peixe de rio é rei)

  • Feira do Século XIX: outubro (2º domingo, festa de época sob o tema das colheitas e mundo rural)

2 visualizações0 comentário